O Rei Lear e o pessimismo schopenhaueriano: uma abordagem metafísica acerca da miséria da vida

  • Mônica Saldanha Dalcol Universidade Federal de Santa Maria
  • Anselmo Peres Alós Universidade Federal de Santa Maria

Resumo

A tragédia O rei Lear (1606), de William Shakespeare, narra a velhice de Lear, rei da Bretanha. A trama desenvolve-se a partir das misérias típicas do último estágio da vida de um rei: a senilidade e a necessidade de dividir o seu reino. A miséria a qual Lear está submetido na narrativa aproxima-se da abordagem metafísica do pessimismo, a partir da filosofia de Schopenhauer, através da compreensão que a única felicidade possível aos seres humanos é a ausência de dor. Deste modo, teceremos as aproximações entre a tragédia de Shakespeare e o pessimismo metafísico schopenhaueriano.

Referências

ARISTÓTELES. Poética. São Paulo: Tecnoprint, 1990.
BARBOSA, Tereza Virgínia Ribeiro. A consciência trágica do limite: mímesis e expressão. Belo Horizonte:
UFMG, 2001.
BRADLEY, A. C. Shakespearean Tragedy: Lectures on Hamlet, Othello, King Lear, Macbeth. 2nd ed. London:
Macmillan, 1995.
BORNHEIM, Gerd. A descoberta do homem e do mundo. São Paulo: Perspectiva, 1998.
BORNHEIM. G. Prefácio. In: HELIODORA, B. Falando de Shakespeare. São Paulo: Perspectiva, 2009.
p. 4-12.
BLOOM, Harold. O cânone ocidental. Trad. Marco Santarrita. Rio de Janeiro: Objetiva, 1995.
BLOOM, Harold. Shakespeare: a invenção do humano. Trad. José Robert O’Shea. Rio de Janeiro: Objetiva,
2001.
DEBONA, V. A outra face do pessimismo: entre a radicalidade ascética e a sabedoria de vida. Tese de Doutorado.
São Paulo: PPG-Filosofia/USP, 2013. 270p.
DEBONA, V. Schopenhauer e as formas da razão. São Paulo: Annablume, 2010.
HOBBES, T. Leviatã. São Paulo: Martin Claret, 2005.
JANAWAY, C. Schopenhauer. Trad. Adail Ubirajara Sobral. São Paulo: Edições Loyola, 2003.
JANAWAY, C. Self and World in Schopenhauer’s Philosophy. Oxford: Claredon Press, 1989.
SCHOPENHAUER, Arthur. O mundo como vontade e como representação. Trad. Jair Barbosa. São Paulo:
Unesp, 2005.
SCHOPENHAUER, Arthur. Sobre o fundamento da Moral. Trad. Maria Lúcia Oliveira Cacciola. São
Paulo: Martins Fontes, 2001.
SCHOPENHAUER, Arthur. Sobre a Ética. Trad. Flamarion C. Ramos. São Paulo: Hedra, 2012.
SHAKESPEARE, William. O rei Lear. Tradução de Millôr Fernandes. Porto Alegre: L&PM, 2016.
SPIERLING, V. Arthur Schopenhauer. Trad. José Antonio Molina Gómez. Madrid: Herder, 2010.
Publicado
2020-04-21
Como Citar
DALCOL, Mônica Saldanha; ALÓS, Anselmo Peres. O Rei Lear e o pessimismo schopenhaueriano: uma abordagem metafísica acerca da miséria da vida. LETRAS EM REVISTA, [S.l.], v. 10, n. 2, abr. 2020. ISSN 2318-1788. Disponível em: <https://ojs.uespi.br/index.php/ler/article/view/186>. Acesso em: 25 maio 2020.