As percepções sobre Madame Bovary em comentários do youtube

  • Laísa Veroneze Bisol Universidade Federal de Santa Maria

Resumo

Este trabalho visa analisar as percepções de internautas que expressam seus comentários em vídeos disponíveis no YouTube relacionados à obra Madame
Bovary, de Gustave Flaubert. Assim, objetiva compreender de que maneira a história de Emma, que possui mais de um século e meio de existência, é percebida
nos dias atuais, considerando a tecnologia disponível. Para esta observação, são eleitos dois vídeos e, a partir desses, os comentários mais representativos no
sentido da crítica à narrativa enquanto enredo. A partir disso, é realizada uma análise textual interpretativa. É possível concluir que, embora hajam alguns pensamentos manifestados com criticidade em relação aos vídeos, o que prevalece é um pensamento hegemônico que advém de mais de 160 anos.

Referências

BARTHES, Sophie. Madame Bovary – Dublado – Filme completo em portugues. In Enrique Walker. 2016. (1’34’’). Disponível em: . Acesso em 03 jun. 2017.
CAMURÇA, Silva. ‘Nós Mulheres’ e nossa experiência comum. in: Reflexões feministas para a transformação social. Cadernos de Críticas Feministas, Ano I, N. 0 – dez. 2007.
COSTA, Cristiane. Compro, logo existo: romantismo e consumismo em Madame Bovary. Niterói, v. 1, n.1, p.13-20, 2. sem. 2000.
FABRÍCIO, Mariana. Pesquisa revela que ativismo digital cresce no Brasil. Diário de Pernambuco, Recife, 17 dez. 2014. Disponível em: interna_tecnologia,549802/pesquisa-revela-que-ativismo-digital-cresce-no-brasil.shtml>. Acesso em: 10 out. 2017.
FLAUBERT, Gustave. Madame Bovary. São Paulo: Abril, 1970.
PATEMAN, Carole. O contrato sexual. Rio: Paz e Terra, 1993.
RECUERO, Raquel. Redes Sociais na Internet. Porto Alegre: Editora Meridional, 2009.
SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 23. ed. São Paulo: Cortez, 2007.
WYNETTE, Yao. Madame Bovary (Gustave Flaubert). In Grandes livros. 2012. (46’22’’). Disponível em: < https://www.YouTube.com/watch?v=vMZ3jefvpe4>. Acesso em 03 jun. 2017.
YOUTUBE. Youtube para a imprensa. Disponível em: . Acesso em 28 jan 2019.
Publicado
2019-07-05
Como Citar
BISOL, Laísa Veroneze. As percepções sobre Madame Bovary em comentários do youtube. LETRAS EM REVISTA, [S.l.], v. 9, n. 2, jul. 2019. ISSN 2318-1788. Disponível em: <https://ojs.uespi.br/index.php/ler/article/view/204>. Acesso em: 23 ago. 2019.