INTERAÇÃO VERBAL E ETHOS DISCURSIVO NA OBRA FAHRENHEIT 451

  • Kaian Lago Universidade de Passo Fundo
  • Ernani Cesar de Freitas Universidade de Passo Fundo
  • Luis Henrique Boaventura

Resumo

O discurso pode ser utilizado como veículo para a disseminação de indagações sobre a realidade da nossa sociedade, como é o caso do discurso distópico. O objetivo neste estudo é analisar o discurso da obra Fahrenheit 451, de Ray Brudbury, com base nas interações verbais provenientes do discurso do protagonista que constrói um ethos discursivo. Utilizaremos, para tanto, as contribuições de Bakhtin (2003) e as de Maingueneau (2012), além de referenciais complementares. Nossa pesquisa é exploratória e bibliográfica, com análise qualitativa, sendo que adotamos a obra Fahrenheit 451 como corpus de análise.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Doutor em Letras – PUC/RS, professor do Curso de Graduação em Letras e do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo (UPF). Passo Fundo, Brasil. Email: ecesar@upf.br

Luis Henrique Boaventura

Doutor em Letras – Universidade de Passo Fundo (UPF). Passo Fundo, Brasil. Email: luishboaventura@hotmail.com.

Referências

BAKHTIN, M. M. Os gêneros do discurso. In: ______. Estética da Criação Verbal. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003. p. 261-306.
______. A interação verbal. In ______. Marxismo e Filosofia da Linguagem. 14. ed. São Paulo: Hucitec, 2010. p. 114-132.
BRADBURY, Ray. Fahrenheit 451. 2. ed. São Paulo: Globo, 2012.
FIORIN, J. L. O dialogismo. In: ______. Introdução ao Pensamento de Bakhtin. 1. ed. São Paulo: Ática, 2008. p. 18-59.
FREITAS, E. C.; FUMAGALI, R. C. Cenografia e ethos discursivo na narrativa literária: uma análise do conto O Barril de Amontillado, de Edgar Allan Poe. Cadernos do IL, Porto Alegre, n. 53, janeiro de 2017. p. 104-123.
HILÁRIO, L. C. Teoria crítica e literatura: a distopia como ferramenta de análise radical da modernidade. Anuário de Literatura, Florianópolis, v. 18, n. 2, outubro de 2013. p. 201-215.
MAINGUENEAU, D. A cenografia. In: ______. Discurso Literário. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2012. p. 249-290.
Publicado
2022-04-08
Como Citar
LAGO, Kaian; DE FREITAS, Ernani Cesar; BOAVENTURA, Luis Henrique. INTERAÇÃO VERBAL E ETHOS DISCURSIVO NA OBRA FAHRENHEIT 451. LETRAS EM REVISTA, [S.l.], v. 12, n. 01, abr. 2022. ISSN 2318-1788. Disponível em: <https://ojs.uespi.br/index.php/ler/article/view/265>. Acesso em: 29 maio 2022.