Narrativas fabricantes da piauiensidade: imagens do sertão e do sertanejo na literatura piauiense

  • José Luís Oliveira Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí

Resumo

O presente artigo tem como problemática geral a percepção da configuração dos discursos identitários no Piauí através das narrativas realizadas por literatos do estado no final do século XIX. Essas narrativas funcionam como os alicerces através dos quais se solidificou a crença na existência de uma piauiensidade, ou seja, a existência de uma essência do ser piauiense, este sendo confundido com o ser sertanejo. A compreensão dessa configuração tem como propósito ajudar na compreensão da forma como esses discursos agem na atualidade numa esfera mais ampla da cultura local.

Referências

ALBUQUERQUE JÚNIOR, Durval Muniz de. A invenção do nordeste e outras artes. São Paulo: Cortez, 2001.
ALENCAR, Maria Amélia Garcia de. Viola que conta histórias: o sertão na música popular urbana. 2004. Tese de Doutorado. Brasília: UNB, 2004.
BASTOS, Cláudio. Dicionário Histórico e Geográfico do Estado do Piauí. Teresina: FCMC, 1994.
FILHO, Alcebíades Costa. A gestação de Crispim: um estudo sobre a constituição histórica da piauiensidade. 2010. Tese de Doutorado. Rio de Janeiro: UFF, 2010.
HALL, Stuart. Pensando a diáspora – reflexões sobre a terra do exterior. In: _____. Da diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: UFMG, 2003.
_____. Quem precisa da identidade? In: SILVA, Tomaz Tadeu da. Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.
HARVEY, David. A condição pós-moderna. São Paulo: Loyola, 1992.
MENDES, Sônia Maria Dias. Apresentação. Coleção Grandes Textos. Teresina: Academia Piauiense de Letras, 2009-2010.
NEVES, Abdias. A guerra do Fidié. Teresina: FUNDAPI, 2006.
PASSOS, Arthur. Nas ribas do Gurgueia. Teresina: Academia Piauiense de Letras, 2009, v. 5. Coleção Grandes Textos.
_____.. Os literatos e a República: Clodoaldo Freitas, Higino Cunha e as tiranias do tempo. Teresina: UFPI,
1998.
QUEIROZ, Teresinha. O mundo como História. Prefácio. In: SOUSA, Paulo Gutemberg de Carvalho. História e identidade: as narrativas da piauiensidade. Teresina: EDUFPI, 2010.
SILVA, Raimunda Celestina Mendes da. A representação da seca na narrativa piauiense: séculos XIX e XX. Rio de Janeiro: Caetés, 2005.
SOUSA, Paulo Gutemberg de Carvalho. História e identidade: as narrativas da piauiensidade. Teresina: EDUFPI, 2010.
Publicado
2020-04-22
Como Citar
SILVA, José Luís Oliveira. Narrativas fabricantes da piauiensidade: imagens do sertão e do sertanejo na literatura piauiense. LETRAS EM REVISTA, [S.l.], v. 10, n. 2, abr. 2020. ISSN 2318-1788. Disponível em: <https://ojs.uespi.br/index.php/ler/article/view/269>. Acesso em: 25 maio 2020.