Do territorial ao epíteto: transfigurações e identidade na obra Jesusalém, de Mia Couto

  • Keiliane Araújo Carvalho Universidade Estadual do Piauí
  • Emanoel Cesar Pires de Assis Universidade Estadual do Maranhão

Resumo

Este trabalho centra-se na tentativa de realizar uma análise crítica acerca da construção da identidade cultural na obra Jesusalém (2009), de Mia Couto, tendo como base de sustentação o aporte teórico de autores como Stuart Hall (2003); Zygmun Bauman (2005); Homi Bhabha (2005) e estudiosos afins. Na obra referida, o autor, ao focalizar questões negligenciadas pela ação colonizadora, faz um mergulho na memória do povo africano ao compor suas narrativas ambivalentes constituídas de passado e futuro, utopias e pesadelos, esquecimentos e lembranças, luzes e trevas, tão bem representadas por uma imaginação demasiado fértil e materializadas numa recriação linguística que anseia pela construção da identidade perdida (africana e moçambicana). Nesse itinerário analítico, os personagens da obra, que, representados por distintas gerações e que buscam a afirmação de suas identidades, a fim de agregar diversidades culturais e reforçar a consciência nacionalista, servem como designíos de investigação.

Referências

BAUMAN, Zygmunt. Identidade. Entrevistas a Benedetto Vecchi. Trad.: Carlos Aberto Medeiros. Rio de Janeiro: Zahar, 2005.
BHABHA, H. O local da cultura. Belo horizonte: UFMG, 2005.
COUTO, Mia. Jesusalém. Ed. Caminho, 2009.
COSTA, Marisa Vorraber; SILVEIRA, Rosa Hessel; SOMMER, Luis Henrique. Estudos Culturais, educação e pedagogia. In: Revista Brasileira de Educação, n. 23. Brasília, 2003.
FLEURI. R. M. Políticas da diferença: para além dos estereótipos na prática educacional. Educação e Sociedade: Campinas; vol. 27, 2006.
HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. Trad.: Tomaz Tadeu da Silva, Guacira Lopes Louro. 7ª ed. Rio de Janeiro: DP& amp; A, 2003.
_________, S. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. Em T.T. da Silva; S. Hall, & K. Woodward (orgs.), Identidade e diferença. A perspectiva dos estudos culturais (pp.7-72). (T.T., da Silva Trad.). Petrópolis: Vozes, 2014.
LARANJEIRA, José Pires. Mia Couto e as literaturas africanas de língua portuguesa. Revista de Filologia Românica. 2001. (Universidade de Coimbra). Disponível em: . Acesso em: 12/08/2018.
NOA, Francisco. Uns e outros na literatura moçambicana. São Paulo: Editora Kapulana, 2017.
SILVA, Tomaz Tadeu da. Identidade e diferença; a perspectiva dos estudos culturais/Tomaz Tadeu da Silva (org.). Stuart Hall, Kathryn Woodward. 15. Ed.- Petrópoles, RJ: Vozes, 2014.
WOODWARD, K. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. Em T.T. da Silva; S. Hall, & K. Woodward (orgs.), Identidade e diferença. A perspectiva dos estudos culturais (pp.7-72). (T.T., da Silva Trad.). Petrópolis: Vozes, 2014.
Publicado
2020-04-24
Como Citar
ARAÚJO CARVALHO, Keiliane; ASSIS, Emanoel Cesar Pires de. Do territorial ao epíteto: transfigurações e identidade na obra Jesusalém, de Mia Couto. LETRAS EM REVISTA, [S.l.], v. 10, n. 2, abr. 2020. ISSN 2318-1788. Disponível em: <https://ojs.uespi.br/index.php/ler/article/view/278>. Acesso em: 25 maio 2020.