Aspectos da literatura regionalista piauiense no século XX: João Pinheiro como ponto de partida

Resumo

O artigo analisa algumas características que definem o regionalismo literário piauiense, sobretudo no século XX, tomando como ponto de partida a coletânea de contos À toa... Aspectos piauienses, de João Pinheiro, publicada originalmente no ano de 1913. Desta maneira, correlacionam-se aspectos da tendência com outros autores do estado, dentre os quais Da Costa e Silva, Álvaro Ferreira, Alvina Gameiro e Anfrísio Neto Lobão, que, em tempos distintos, compuseram trabalhos congêneres. O espaço do Piauí, representado nesse tipo de produção, é admitido ora como elemento motivador a uma postura mais evasiva e sentimental, ora como topos que promove um conjunto de elementos fantásticos ou acontecimentos de ordem violenta, a partir da representação de uma sociedade patriarcal e instalada no sertão, regida por costumes, crenças e tipos humanos característicos em seu quase isolamento espacial.

Referências

BENDA, Julien. A traição dos intelectuais. Tradução de Paulo Neves. São Paulo: Peixoto Neto, 2007.

BONFIM, Washington Luís de Sousa; SANTOS JÚNIOR, Raimundo Batista dos. Formação política. In: SANTANA, R. N. Monteiro de. Piauí: formação, desenvolvimento, perspectivas. Teresina: Halley, 1995. p. 41-54.

BRANDÃO, Wilson de Andrade. Formação social. In: SANTANA, R. N. Monteiro de (Org.). Piauí: formação, desenvolvimento, perspectivas. Teresina: Halley, 1995. p. 13-40.

CANDIDO, Antonio. A literatura e a vida social. In: CANDIDO, Antonio. Literatura e sociedade: estudos de teoria e história literária. 11. ed. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2010a. p. 27-49.

CANDIDO, Antonio. A literatura na evolução de uma comunidade. In: CANDIDO, Antonio. Literatura e sociedade. 9. ed. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2010b. p. 147-175.

CASTELO BRANCO, Anfrísio Neto Lobão. Mandu Ladino. 3. ed. Teresina: Halley, 2016.

DELUMEAU, Jean. História do medo no ocidente (1300-1800): uma cidade sitiada. Tradução de Maria Lucia Machado. Rio de Janeiro: Companhia de Bolso, 2009.

FERREIRA, Álvaro. Da terra simples. 2. ed. Teresina: Academia Piauiense de Letras, 2015.

FERREIRA, Manuel. Literaturas africanas de expressão portuguesa. Portugal: Coleção Biblioteca Breve; Instituto de Cultura Portuguesa, 1977. vol. 6.

GAMEIRO, Alvina. A vela e o temporal. Brasília: Gráfica Santa Clara, 1996.

GENETTE, Gérard. Discurso da narrativa. Tradução de Fernando Cabral Martins. Lisboa: Vega, 1980.

GENETTE, Gérard. Palimpsestos: a literatura de segunda mão. Tradução de Luciene Guimaraes e Maria Antônia Ramos Coutinho. Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG, 2006.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. O homem cordial. In: HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 2014. p. 167-182.

LEAL, Victor Nunes. Coronelismo, enxadas e voto: o município e o regime representativo no Brasil. 3. ed. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1997.

MAINGUENEAU, Dominique. O contexto da obra literária: enunciação escritor, sociedade. Tradução de Marina Appenzeller. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

MENDES, Felipe. Formação econômica. In: SANTANA, R. N. Monteiro de (Org.). Piauí: formação, desenvolvimento, perspectivas. Teresina: Halley, 1995. p. 55-81.

MORAES, Antonio Carlos Robert. O Sertão: um “outro” geográfico. Terra Brasilis, Niterói, n. 4-5, p. 1-8, 2003.

PINHEIRO, João. À toa... Aspectos piauienses. 2. ed. Teresina: Academia Piauiense de Letras, 2015.

ROMERO, Sílvio. Estudos sobre a poesia popular do Brasil. Rio de Janeiro: Tipografia Laemmert & Cia, 1888.

SILVA, Da Costa e. Zodíaco. Teresina: Academia Piauiense de Letras, 2017.

SOBRINHO, Barbosa Lima. Prefácio à segunda edição. In: LEAL, Victor Nunes. Coronelismo, enxadas e voto: o município e o regime representativo no Brasil. 3. ed. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1997. p. 13-19.

TELES, Gilberto Mendonça. O lu(g)ar dos Sertões. Verbo de Minas, Juiz de Fora, v. 8, n. 16, p. 71-108, jul./dez. 2009.

VICENTINI, Albertina. Regionalismo literário e sentidos do sertão. Sociedade e Cultura, Goiânia, vol. 10, n. 2, p. 187-196, jul./dez. 2007.
Publicado
2021-12-31
Como Citar
CIARLINI, Daniel Castello Branco. Aspectos da literatura regionalista piauiense no século XX: João Pinheiro como ponto de partida. LETRAS EM REVISTA, [S.l.], v. 12, n. 02, dez. 2021. ISSN 2318-1788. Disponível em: <https://ojs.uespi.br/index.php/ler/article/view/296>. Acesso em: 01 jun. 2023.
Seção
SEÇÃO LIVRE