Abuso, trauma e cura: o feminismo na poesia de Rupi Kaur e de Amanda Lovelace

Resumo

O movimento feminista contribuiu expressivamente para a expressão literária feminina, especialmente a poesia. No século XXI, as mulheres tratam de diferentes temas ou de assuntos não permitidos em épocas anteriores. É o caso das consequências da dependência emocional e da superação desta e outros machucados “sentimentais”. Sobre estas questões escrevem Rupi Kaur e Amanda Lovelace. Seus livros, intitulados respectivamente outros jeitos de usar a boca e a bruxa não vai para a fogueira neste livro, são divididos em seções temáticas, cada uma com um conjunto de poemas. Logo, nosso objetivo foi analisar o conteúdo feminista nos citados livros, especificamente no que diz respeito às situações traumatizantes e cicatrizantes vivenciadas por essas mulheres. Para fundamentar a pesquisa, usamos as ideias de Kostić (2006), Sewell (2013), D’Angelo (2017), Maciel (2017), Williams (2017), Georgakopoulos (2018), Klien (2018) e Silva (2018). Percebemos que Kaur e Lovelace possuem escrita poderosa e ativista, mostrando a outras mulheres que podem expressar suas dores e criar modos de superá-las.

Referências

COSTA, Cristiane. Rede. In: HOLLANDA, Heloísa Buarque de. Explosão Feminista: Arte, Cultura, Política e Universidade. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2018. p. 43-60.
D’ANGELO, Helô. Fenômeno de vendas, Rupi Kaur faz do trauma a matéria prima de sua poesia. Revista Cult. São Paulo, abr. 2017. Seção Literatura. Disponível em: https://revistacult.uol.com.br/
home/rupi-kaur-faz-do-trauma-a-materia-prima-para-sua-poesia/. Acesso em: 10 jun 2020.
GEORGAKOPOULOS, Frini. A bruxa não vai para a fogueira neste livro. Cheiro de Livro. abr.2018. Seção Resenhas. Disponível em: htttp://cheirodelivro.com/a-bruxa-nao-vai-para-a-fogueiraneste-
livro/. Acesso em: 10 jun 2020.
HOOKS, Bell. O feminismo é para todo mundo: políticas arrebatadoras. Tradução de Bhuvi Libanio. 13.
ed. Rio de Janeiro: Rosa dos Tempos, 2020.
KAUR, Rupi. milk and honey. Kansas, MI, EUA: Andrews McMeel Publishing, 2015.
KAUR, Rupi. outros jeitos de usar a boca. Tradução de Ana Guadalupe. São Paulo: Planeta, 2017.
KLIEN, Julia. Na poesia. In: HOLLANDA, Heloísa Buarque de. Explosão Feminista: Arte, Cultura, Política e Universidade. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2018. p. 105-137.
KOSTIĆ, Milena. Feminist Theory and Practice in the Poetry of Adrienne Rich. Facta Universitatis,
Niš-Servia, Vol. 4, N. 1, p. 71-84, 2006. Disponível em: http://facta.junis.ni.ac.rs/lal/lal2006/
lal2006-08.pdf. Acesso em: 10 jun 2020.
LOVELACE, Amanda. a bruxa não vai para a fogueira neste livro. Tradução de Izabel Aleixo. Rio de Janeiro: Leya, 2018a (As mulheres têm uma espécie de magia).
LOVELACE, Amanda. the witch doesn’t burn in this one. Kansas, MI, EUA: Andrews McMeel Publishing, 2018b. (Women are some kind of magic).
MACIEL, Nahima. Rupi Kaur e a poesia que veio da rede. Correio Brasiliense. Distrito Federal, dez. 2017. Blog Leio de Tudo. Disponível em: http://blogs.correiobraziliense.com.br/leiodetudo/rupikaur-poesia/. Acesso em: 10 jun 2020.
MIGUEL, Luís Felipe. A igualdade e a diferença. In: MIGUEL, Luís Felipe; BIROLI, Flávia. Feminismo e Política: Uma introdução. São Paulo: Boitempo Editorial, 2014. E-book.
MIGUEL, Luís Felipe. O feminismo e a política. In: MIGUEL, Luís Felipe; BIROLI, Flávia. Feminismo e Política: Uma introdução. São Paulo: Boitempo Editorial, 2014. E-book.
SEWELL, Lisa. Feminist Poetries. In: ASHTON, Jennifer (ed.). The Cambridge Companion to American Poetry Since 1945. Nova York: Cambridge University Press, 2013. p. 109-126.
SILVA, Adriana Ferreira. Amanda Lovelace: “Se você não se considera uma feminista em 2018 é porque é mal informada sobre o que representa esta luta”. Revista Marie Claire. Rio de Janeiro, abr. 2018. Coluna De Repente Perennial. Disponível em: https://revistamarieclaire.globo.com/Blogs/De-repente-perennial/noticia/2018/04/amanda-lovelace-se-voce-nao-se-considera-umafeminista-
em-2018-e-porque-e-mal-informada-sobre-o-que-representa-esta-luta.html. Acesso em: 10 jun 2020.
WILLIAMS, Holly. The Women Poets Taking Over the World. BBC. Londres, jul. 2017. Seção Culture/ Designed. Disponível em: http://www.bbc.com/culture/story/20170713-the-womenpoets-taking-over-the-worl. Acesso em: 10 jun 2020.
Publicado
2023-03-04
Como Citar
DA SILVA, Sharmilla O'hana Rodrigues. Abuso, trauma e cura: o feminismo na poesia de Rupi Kaur e de Amanda Lovelace. LETRAS EM REVISTA, [S.l.], v. 13, n. 02, mar. 2023. ISSN 2318-1788. Disponível em: <https://ojs.uespi.br/index.php/ler/article/view/298>. Acesso em: 27 set. 2023.