ESTRATÉGIAS DE LINEARIZAÇÃO TÓPICA EM DIFERENTES GÊNEROS TEXTUAIS

  • Aline Gomes Garcia Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), campus de São José do Rio Preto

Resumo

Este trabalho insere-se no quadro teórico-metodológico da Gramática Textual-
Interativa e estuda o processo de Organização Tópica em dois gêneros textuais diferentes,
narrativa de experiência e descrição. Especificamente, este trabalho focaliza uma parte desse
processo, a linearização tópica, e procura discutir como esse sequenciamento ocorre nos dois
gêneros textuais ora estudados. Os dados discutidos mostram que ambos os gêneros se
caracterizam por apresentarem a continuidade como estratégia predominante de linearização
tópica. Além disso, os dois gêneros apresentam diferenças entre si quanto ao uso de
estratégias de sequenciamento tópico na medida em que as descrições manifestam uma
incidência maior de estratégias de descontinuidade tópica do que as narrativas de experiência.
O trabalho discute que essa diferença parece estar vinculada a aspectos da finalidade
sociocomunicativa desses gêneros, buscando mostrar que particularidades dos processos de
construção textual podem caracterizar os diferentes gêneros textuais.

Referências

ADAM, J. M. A linguística textual: introdução à análise textual dos discursos. São Paulo: Cortez, 2008.
CASTILHO, A. T. O português culto falado no Brasil – história do Projeto Nurc no Brasil. In: PRETI, D.;
URBANO, H. (Org.). A linguagem falada culta na cidade de São Paulo. v.IV, Estudos. São Paulo: T. A. Queiroz/Fapesp,
1990, p.141-197.
GONÇALVES, S. C. L. Projeto ALIP (Amostra Linguística do Interior Paulista): O português falado na região de São José
do Rio Preto – constituição de um banco de dados anotado para o seu estudo. São José do Rio Preto: UNESP, 2007.
Disponível em: .
JUBRAN, C. C. A. S. J. Tópico Discursivo. In: ______ (Org.). Gramática do português culto falado no Brasil: A construção
do texto falado. São Paulo: Contexto, 2015, p. 85-126.
______. Uma gramática textual de orientação interacional. In: CASTILHO, A. T. et al. (Org.). Descrição, história e
aquisição do português brasileiro. Campinas; São Paulo: Pontes; FAPESP, 2007, p. 313-327.
PENHAVEL, E. Estudo do processo de estruturação interna de segmentos tópicos mínimos em diferentes gêneros textuais. Projeto de
Pesquisa. São José do Rio Preto: Universidade Estadual Paulista, 2013.
PENHAVEL, E.; GARCIA, A. G. Tipos de linearização tópica na Gramática Textual-Interativa. Fórum linguístico,
Florianópolis, v.14, n.1, p. 1792-1807, 2017.
Publicado
2018-02-22
Como Citar
GARCIA, Aline Gomes. ESTRATÉGIAS DE LINEARIZAÇÃO TÓPICA EM DIFERENTES GÊNEROS TEXTUAIS. LETRAS EM REVISTA, [S.l.], v. 8, n. 01, fev. 2018. ISSN 1980-7732. Disponível em: <https://ojs.uespi.br/index.php/ler/article/view/33>. Acesso em: 25 set. 2018.