LUZIA CAMBARÁ NO ESPAÇO URBANO: SUJEITO E SENTIDOS EM (DES)CONSTRUÇÃO NA/PELA MEMÓRIA

  • Elivélton Assis Krümmel Universidade Federal de Santa Maria
  • Marilda Aparecida Lachovski

Resumo

A AD, nos pressupostos da teoria materialista de discurso fundada por
Michel Pêcheux, na França; e por Eni P. Orlandi, no Brasil, constitui uma área de
entremeio, de análise da produção de discursos, sendo assim, espaço propício para os
estudos da historicidade, do sujeito e dos movimentos da memória na produção de
efeitos de sentidos sempre outros. Busca-se, enquanto gesto interpretativo, analisar as
relações de contradição e processos de identificação da personagem sujeito Luzia, na
narrativa de “O tempo e o vento”, mais precisamente, em “O Continente”. Nesse
sentido, mobilizamos a teoria da AD tomando como base os estudos feitos por Michel
Pêcheux, Eni P. Orlandi e outros autores que podem nos auxiliar na construção do
objeto analítico. Logo, a partir da cidade ficcional de Santa Fé e dos discursos
produzidos sobre e por Luzia sobre si mesma, funcionam como lugar de
movimentação dos sentidos, da memória e do dizer, instaurando a contradição.

Referências

FRANÇA, Marilda Aparecida Lachovski de. A memória e o memorável: a Guerra do Paraguai em “O
tempo e o vento”. Dissertação de mestrado. Guarapuava, Unicentro, 2015.
ORLANDI, Eni Puccinelli. Discurso e leitura. 4ª ed. São Paulo: Cortez, 1999.
______. As formas do silêncio no movimento dos sentidos. Campinas/ Unicamp/ São Paulo, 2001
______. Cidade dos sentidos. São Paulo: Pontes, 2004a.
______. O inteligível, o interpretável e o compreensível. In: ZILBERMAN, Regina; SILVA, Ezequiel
Theodoro. (orgs). Leitura: perspectivas interdisciplinares. 5ª Ed. São Paulo: Ática, 2004b.
______. Análise do Discurso: princípios e procedimentos. 2ª ed. Campinas: Pontes, 2012.
PÊCHEUX, Michel. Por uma análise automática do discurso: uma introdução à obra de Michel Pêcheux.
Org. Françoise Gadet; trad. Bethania Mariani et al. 3ª ed. Campinas, São Paulo: Editora da Unicamp, 1997.
______. Semântica e discurso. Uma crítica à afirmação do óbvio. Trad. Eni P. Orlandi et al. 4ª ed. São
Paulo, Campinas, Editora da Unicamp, 2009.
SCHERER, Amanda. Dos domínios e das fronteiras: o lugar fora do lugar em outro e mesmo lugar. In:
Análise de Discurso: heranças, métodos e objetos. Vanice Sargentini e Maria do Rosário Gregolin
(organizadoras). São Carlos: Editora Claraluz, 2008.
VENTURINI, Maria Cleci. Imaginário Urbano. Espaço de rememoração/comemoração. RS, Passo
Fundo: Editora UFP, 2009.
VERISSIMO, Erico. O tempo e o vento. Vol. 01; 02. O continente. São Paulo: Editora Globo, 2004.
Publicado
2018-02-22
Como Citar
KRÜMMEL, Elivélton Assis; LACHOVSKI, Marilda Aparecida. LUZIA CAMBARÁ NO ESPAÇO URBANO: SUJEITO E SENTIDOS EM (DES)CONSTRUÇÃO NA/PELA MEMÓRIA. LETRAS EM REVISTA, [S.l.], v. 8, n. 01, fev. 2018. ISSN 1980-7732. Disponível em: <https://ojs.uespi.br/index.php/ler/article/view/39>. Acesso em: 25 jun. 2018.