Tessituras da memória e do lugar em Josué Montello: a reconstituição do império e da república em “O monstro”

Resumo

Objetivamos uma análise do conto “O monstro” presente em Um rosto de menina (1983), do escritor maranhense Josué Montello, à luz da percepção do espaço e da memória. O conto narra a história de Jerônimo, um baiano que vive no Rio de Janeiro e que reconstrói, pela memória, o período imperial do Brasil e o materializa em seu lar e em suas ações. No entanto, sua vida é tensionada quando da chegada da mãe Dona Angélica, que desconstrói todo o seu imaginário acerca das convicções imperiais. Daremos enfoque aos momentos de evocação da memória e figuração do lugar a partir das ações desses dois personagens, elegendo como escopo os trabalhos de Halbwachs (2004; 2006), Pollak (1992), Tuan (2012; 2013), Relph (2014) e Bachelard (2008).

Referências

BACHELARD, Gaston. A poética do espaço. Trad. Antonio de Pádua Danesi. São Paulo: Martins Fontes, 2008.
CORRÊA, Dinacy. Da literatura maranhense: o romance do século XX. São Luís: EDUEMA, 2015.
DARDEL, Eric. O Homem e a Terra: a natureza da realidade geográfica. Trad. Werther Holzer. São Paulo: Perspectiva, 2015.
DICIONÁRIO DE NOMES PRÓPRIOS, 2019. Disponível em https://www.dicionariodenomesproprios.com.br/. Acesso em 10 de janeiro de 2020.
FEITOSA Márcia Manir Miguel; CARNEIRO Vanessa Soeiro. São Luís do Maranhão sob a lente de Letras em Revista (ISSN 2318-1788), Teresina, v. 13, n. 02, jul/dez. 2022 68
Josué Montello: lugar, exílio, memória. Disponível em http://www.paginasmovimento.com.br/index.html. Acesso em 10 de janeiro de 2020.
HALBWACHS, Maurice. Los marcos sociales de la memoria. Rubí (Barcelona): Anthropos Editorial; Concepción: Universidad de la Concepción; Caracas: Universidad Central de Venezuela, 2004.
HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. Trad. Beatriz Sidou. São Paulo: Centauro, 2006.
LUCENA, Thalita de Sousa; SANTOS, Silvana Maria Pantoja dos. Arquitetura do espaço na teia literária de Um beiral para bentevis, de Josué Montello. In: SANTOS, Silvana Maria Pantoja dos; CAVALCANTE, José Dino; SOUZA, Jeane. Josué Montello: entre memória, ficção e cultura. São Luís: EDUEMA, 2018.
MONTELLO, Josué. O monstro. In: MONTELLO, Josué. Um rosto de menina. São Paulo: Difel, 1983.
POLLAK, Michael. Memória e identidade social. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, vol. 5, n. 10, 1992, p. 200-212.
RELPH, Edward. Reflexões sobre a emergência, aspectos e essência de Lugar In: MARANDOLA JR, Eduardo; HOLZER, Werther, OLIVEIRA, Lívia de (orgs,). Qual o espaço do lugar? Geografia, Epistemologia, Fenomenologia. São Paulo: Perspectiva, 2014.
TUAN, Yi-Fu. Topofilia: um estudo da percepção, atitudes e valores do meio ambiente. Trad. Lívia de Oliveira. Londrina: EDUEL, 2012.
TUAN, Yi-Fu. Espaço e Lugar: a perspectiva da experiência. Trad. Lívia de Oliveira. Londrina: EDUEL, 2013.
ZANELA, Agda Adriana. A epopéia maranhense de Josué Montello: desvendando a poética montelliana
em quatro romances. Tese de doutorado (Estudos Literários), São Paulo: UNESP, 2009.
Publicado
2022-12-30
Como Citar
CORRÊA, Gabriel Vidinha; FEITOSA, Márcia Manir Miguel. Tessituras da memória e do lugar em Josué Montello: a reconstituição do império e da república em “O monstro”. LETRAS EM REVISTA, [S.l.], v. 13, n. 02, dez. 2022. ISSN 2318-1788. Disponível em: <https://ojs.uespi.br/index.php/ler/article/view/416>. Acesso em: 25 abr. 2024.