O PROCESSO DE REFERENCIAÇÃO NA INFÂNCIA EM PRODUÇÕES DE NARRATIVAS ORAIS

  • Janaina Silva Oliveira
  • Márcia Helena de Melo Pereira
  • Ronei Guaresi

Resumo

Nesta pesquisa, investigamos o processo de referenciação na produção de
narrativas orais realizadas por crianças. Este é um estudo descritivo, baseado em
relatos orais produzidos por seis crianças do primeiro ano do Ensino Fundamental de
uma escola pública a partir de uma sequência de figuras. Teoricamente, embasamonos
em Cavalcante (2013), Cavalcante, Custódio Filho e Brito (2014), Bakhtin (1997) e
Marcuschi (2008). As narrativas analisadas mostraram que as crianças tiveram
dificuldades na utilização das expressões referenciais, quais sejam: no uso das
introduções referenciais, na utilização esperada da dêixis espacial e no emprego da
anáfora. Dessa forma, o estudo aponta para a importância de se trabalhar, desde a
infância, as expressões referenciais de uma forma adequada para a sua faixa etária.

Referências

ALMEIDA, Ayane Nazarela Santos ; FREITAG, Raquel Meister Ko. Narrativas e o processo de
alfabetização. Anais Eletrônicos do IV Seminário Nacional Literatura e Cultura, São Cristóvão/SE: GELIC/UFS,
V. 4, 2012.
BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. Os gêneros do discurso. 2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 1997.
BENVENISTE, Émile. Problemas de lingüística geral I. Campinas: Pontes, 1988.
CAVALCANTE, Mônica. Os sentidos do texto. São Paulo: Contexto, 2013.
CAVALCANTE, Mônica; CUSTODIO FILHO, Valdinar; BRITO, Mariza Angélica Paiva. Coerência,
referenciação e ensino. Editora Cortez, 1° edição- São Paulo, 2014.
GIL, Antônio Carlos; Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. - São Paulo : Atlas, 2002.
KOCH, Ingedore Villaça. Desvendando os segredos do texto. 6° Ed., São Paulo: Cortez, 2009.
KOCH, Ingedore Villaça; ELIAS, Vanda Maria. Ler e compreender: os sentidos do texto. 3. ed., 3ª reimp. São
Paulo: Contexto, 2010.
KOCH, Ingedore Villaça; TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Texto e coerência. 10 ed. São Paulo: Cortez, 2005.
_____. A coesão textual. 20. ed. São Paulo: Contexto, 2005.
LE BOEUF, Chistine. Raconte: 55 hisoriettes en images. Paris: L’Ecole, 1976. In: VARGAS, R. A referenciação
na produção de narrativas orais no envelhecimento sadio e na doença de Alzheimer e sua relação com a escolaridade e o tipo de
estímulo. Dissertação de mestrado, 2015.
MARCUSCHI, Luiz Antônio. Gêneros textuais: definição e funcionalidade. In: ___________. Gêneros
textuais: constituição e práticas sociodiscursivas. São Paulo: Cortez, 2010.
MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção Textual, análise de gênero e compreensão; São Paulo: Parábola Editorial,
2008.
Publicado
2018-03-01
Como Citar
OLIVEIRA, Janaina Silva; PEREIRA, Márcia Helena de Melo; GUARESI, Ronei. O PROCESSO DE REFERENCIAÇÃO NA INFÂNCIA EM PRODUÇÕES DE NARRATIVAS ORAIS. LETRAS EM REVISTA, [S.l.], v. 8, n. 01, mar. 2018. ISSN 1980-7732. Disponível em: <https://ojs.uespi.br/index.php/ler/article/view/46>. Acesso em: 25 jun. 2018.