A cidade na epi(pan)demia: um olhar sobre Ensaio Sobre a Cegueira, de José Saramago

  • Kélson Rubens Rodrigues Pereira da Silva Universidade Estadual do Piauí
  • Silvana Maria Pantoja dos Santos Universidade Estadual do Piauí/Universidade Estadual do Maranhão http://orcid.org/0000-0002-1107-1336

Resumo

O presente trabalho analisa a degradação da cidade e as relações humanas em meio ao contexto de epidemia no romance Ensaio sobre a cegueira, de José Saramago. A obra apresenta um cenário de peste gerado por uma cegueira branca que influencia na ordem pública e na mudança de comportamento humano. Evidenciamos o caos urbano, em meio à epidemia da cegueira que acaba influenciando as sensações, bem como as relações sociais. As contribuições de Tuan (2005) e Bauman (2005) são importantes para pensar a cidade enferma, caótica, devastada pela doença; além disso, a visão de Bachelard (1993) é necessária para refletir sobre a casa que provoca sensação de proteção em meio ao caos epidêmico. Para apontar as transformações sofridas pelos personagens nas suas relações com os espaços, é pertinente o estudo das heterotopias de Foucault (2011). A visão de Boaventura Sousa (2020) é pertinente para refletir sobre as transformações sociais provocadas por uma pandemia.

Referências

AGAMBEN, Georgio. Reflexões sobre a peste [recurso eletrônico]. 1ª. ed, São Paulo: Boitempo, 2020.
BACHELARD, G. A poética do espaço. Tradução de Antonio de Pádua Danesi. São Paulo: Martins Fontes, 1993.
BAUMAN, Zygmunt. Confiança e medo na cidade. Tradução Eliana Aguiar-Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2009.
BORGES FILHO, O. Espaço e literatura: introdução à topoanálise. Franca: Ribeirão gráfica e editora, 2007.
CASTRO, RUY. Metrópole à beira-mar: o Rio moderno dos anos 20. 1ª. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.
DEFERT, Daniel. Posfácio. In: FOUCAULT, Michel. O corpo utópico, as heterotopias. Trad. Salma Tannus Muchail. Sa o Paulo: N-1 Edições, 2013, p. 33- 35.
FOUCAULT, Michel. “Outros espaços”, in: Ditos e escritos III - Estética: Literatura e pintura, música e cinema. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2011, p. 411-422.
MERLEAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da Percepção. São Paulo: Martins Fontes, 1996.
MERLEAU-PONTY, Maurice. Signos. São Paulo: Martins Fontes, 1991.
SARAMAGO, José. Ensaio sobre a cegueira. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.
SANTOS, Boaventura Sousa. A cruel pedagogia do vírus [recurso eletrônico]. Lisboa: Almedina, 2020.
SANTOS, Silvana Maria Pantoja dos. Espaço-corpo e heterotopia desviante em O remorso de Baltazar Serapião, de Valter Hugo Mãe. Revista Revell, ISSN 2179-4456. v.02, nº 25, 2020 p. 497-511.
TUAN, Yi-Fu. Paisagens do medo. São Paulo: Editora Unesp, 2005.
UJVARI, Stefan Cunha. História das epidemias. São Paulo: Contexto, 2020.
Publicado
2022-12-30
Como Citar
RODRIGUES PEREIRA DA SILVA, Kélson Rubens; DOS SANTOS, Silvana Maria Pantoja. A cidade na epi(pan)demia: um olhar sobre Ensaio Sobre a Cegueira, de José Saramago. LETRAS EM REVISTA, [S.l.], v. 13, n. 02, dez. 2022. ISSN 2318-1788. Disponível em: <https://ojs.uespi.br/index.php/ler/article/view/494>. Acesso em: 30 maio 2024.