ARTES, MILITÂNCIA E CIÊNCIA DAS REDES

  • Rodrigo Esteves de Lima-Lopes UNICAMP

Resumo

Este artigo tem por objetivo refletir sobre o processo de construção de significados em um grupo de postagens de Twitter. O estudo analisou a avaliatividade, com especial ênfase no sistema de engajamento (MARTIN; WHITE, 2005), a partir de uma abordagem baseada na ciência das redes (SCOTT, 2000; WATTS, 2004; BARABÁSI, 2014). Foram estudados os processos de constituição dos papéis na rede, a estrutura das postagens e o papel das hashtags na constituição
do discurso. Os processos metodológicos contaram com a raspagem de dados e seu tratamento de forma a gerar diversos gráficos de rede utilizados para a análise. Os resultamos mostram que o processo de engajamento estabelece postagens polarizadas em relação ao movimento, não fomentando o diálogo entre os grupos pró e contra performances artísticas menos conservadoras.

Referências

BARABÁSI, A.-L. Linked: the new science of networks. Cambridge, Mass: Perseus Pub, 2014.
BARABÁSI, A.-L.; ALBERT, R. Emergence of Scaling in Random Networks. Science, v. 286, n. October, p. 509–510, 1999.
COFFIN, C.; O’HALLORAN, K. The Role of Appraisal and Corpora in Detecting Covert Evaluation. Functions of Language, v. 13, n. 1, p. 77–110, 2006.
GABARDO, M.; LIMA-LOPES, R. E. Ni una menos: ciência das redes e análise de um coletivo feminista. Humanidades & Inovação, v. 5, n. 3, p. 45–58, 2018.
HALLIDAY, M. A. K. Language as social semiotic: the social interpretation of language and meaning. Baltimore: University Park Press, 1976.
HALLIDAY, M. A. K. An Introduction to Functional Grammar. 2a ed. London: Arnold, 1994.
HALLIDAY, M. A. K.; HASAN, R. Cohesion in English. London: Longman, 1976.
HALLIDAY, M. A. K.; MATTHIESSEN, C. M. I. M. Halliday’s Introduction to Functional Grammar. New York: Routledge, 2014.
LIMA-LOPES, R. E. Análise de registro e ciência das redes: estudando um grupo de whatsapp dedicado à produção de cerveja artesanal. Hipertextus Revista Digital, v. 16, p. 134–161, 2017.
LIMA-LOPES, R. E.; PIMENTA, I. S. #Mulheresnofutebol: transitividade e avaliatividade na identificação de padrões sexistas. Humanidades & Inovação, v. 4, n. 6, p. 116–131, 2017.
MARTIN, J. R. Meaning matters: a short history of systemic functional linguistics. Word, v. 62, n. 1, p. 35–58, jan. 2016.
MARTIN, J. R.; WHITE, P. R. R. The Language of Evaluation: The Appraisal Appraisal in English. Hampshire: Palgrave Macmillan, 2005.
MERTON, R. K.; LAZARSFELD, P. F. Comunicação de massa, gosto popular e a organização da ação social. In: LIMA, L. C. (Ed.). Teoria da cultura de massa. São Paulo: EDUSP, 1978. p. 103–127.
PAOLILLO, J. C. Network analysis. In: GEORGAKOPOULOU, A.; SPILIOTI, T. (Ed.). The Routledge Handbook of Language and Digital Communication. London: Routledge, 2015. p. 36–54.
Publicado
2019-10-25
Como Citar
DE LIMA-LOPES, Rodrigo Esteves. ARTES, MILITÂNCIA E CIÊNCIA DAS REDES. LETRAS EM REVISTA, [S.l.], v. 10, n. 01, out. 2019. ISSN 2318-1788. Disponível em: <https://ojs.uespi.br/index.php/ler/article/view/254>. Acesso em: 11 dez. 2019.