O USO DE OBJETO DE APRENDIZAGEM NO ENSINO DE ORTOGRAFIA: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO PARA ALUNOS DO SEXTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

  • Lucirene da Silva Carvalho universidade Estadual do Piauí
  • Marcelino Rodrigues Cutrim Netto SEDUC/MA

Resumo

Apresenta-se uma proposta de design pedagógico e de roteiro para a elaboração de um objeto de aprendizagem que propicie ao aluno autonomia no exercício da ortografia da Língua Portuguesa, a partir da conscientização sobre as relações entre escrita e fala, com vistas a reduzir o índice de apagamento do R em final de verbos nos textos de estudantes do Ensino Fundamental. Estudou-se o desvio ortográfico da supressão do morfema de infinitivo e concluiu-se ser um erro motivado pelo apoio na oralidade, tendo em vista a proximidade de traços fonético-fonológicos entre o rótico e a vogal (Alvarenga e Oliveira, 1997; Silva, 1999). Considerou-se a retextualização (Marcuschi, 2007) como uma possibilidade de treinar a preservação do R final dos verbos. Para trabalhar a retextualização, sugeriu-se a elaboração de um objeto de aprendizagem (Prensky, 2012; Leffa e Pinto, 2014), cujos design pedagógico e roteiro de elaboração foram apresentados com base nos modelos da Rede Interativa Virtual de Educação – Rived (SEED, 2004).

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Licenciado em Letras – Português/Espanhol (1992) e Especialista em Alfabetização (1995) pela Universidade
Federal do Maranhão. Mestre em Letras pelo programa Mestrado Profissional em Letras da Universidade Estadual do Piauí. Professor efetivo da rede pública estadual do Maranhão. Atualmente lotado na Supervisão de Tecnologias Educacionais da Secretaria de Estado da Educação do Maranhão

Referências

ALVARENGA, D. e OLIVEIRA, M.A. Canonicidade silábica e aprendizagem da escrita. In: Revista de Estudos de Linguagem, Belo Horizonte, ano 6, v. 1, p. 127-158, jan./jun. 1997.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: língua portuguesa/ Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998.

________. Objetos de aprendizagem: uma proposta de recurso pedagógico. Carmem Lúcia Prata e Anna Christina Aun de Azevedo Nascimento (orgs). Brasília: MEC, SEED, 2007

________.Ministério da Educação; Ministério da Ciência e Tecnologia. Ortografia, Ensino Fundamental. In: Portal do Professor. Disponível em http://portaldoprofessor.mec.gov.br. Brasil, 2008. Acesso em 05 jun., 2014.

________.Software educacional, Ensino Fundamental. In: Banco Internacional de Objetos Educacionais. Disponível em http://objetoseducacionais2.mec.gov.br. Brasil, 2008b. Acesso em: 02 ago., 2014.
LEFFA, Vilson J.; PINTO, Cândida M. Aprendizagem como vício: o uso de games na sala de aula. In: Revista (Com) Textos Linguísticos. Vitória, v. 20, n. 101, p. 358-378, 2014.
MARCUSCHI, Luiz Antonio. Da fala para a escrita: atividades de retextualização. 7 ed. São Paulo: Cortez, 2007.
MORAIS, Artur Gomes de. Ortografia: ensinar e aprender. 2 ed. São Paulo: Ática, 1999.
PRENSKY, Marc. Aprendizagem baseada em jogos digitais. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2012.
RIVED - Rede Interativa Virtual de Educação. Modelo de Design Pedagógico. Disponível em http://rived.mec.gov.br/arquivos/modelo_design.pdf. Brasil, 2004. Acesso em 20 jan., 2015.
_______. Modelo de Roteiro do Objeto de Aprendizagem. Disponível em http://rived.mec.gov.br/arquivos/modelo_roteiro.pdf. Brasil, 2004. Acesso em 28 jan., 2015.
SILVA, Thais Cristófaro. Fonética e fonologia do português: roteiro de estudos e guia de exercícios. São Paulo: Contexto, 1999.
Publicado
2019-06-30
Como Citar
CARVALHO, Lucirene da Silva; RODRIGUES CUTRIM NETTO, Marcelino. O USO DE OBJETO DE APRENDIZAGEM NO ENSINO DE ORTOGRAFIA: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO PARA ALUNOS DO SEXTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL. LETRAS EM REVISTA, [S.l.], v. 10, n. 01, jun. 2019. ISSN 2318-1788. Disponível em: <https://ojs.uespi.br/index.php/ler/article/view/62>. Acesso em: 11 dez. 2019.