Notícias

PRORROGAÇÃO CHAMADA PARA TRABALHOS – LETRAS EM REVISTA V.12, n.02, 2021.

2021-04-02

PRORROGAÇÃO CHAMADA PARA TRABALHOS – LETRAS EM REVISTA  V.12, n.02, 2021.

PRAZO PARA SUBMISSÃO: 06/07/2021

Dossiê: A CIDADE NA LITERATURA: RECUOS, AVANÇOS E PERSPECTIVAS

Organização: Fernando Alexandre Lopes (Instituto Politécnico de Viseu/Portugal), Marcello Moreira (UESB/CNPq), Silvana Pantoja (UESPI/UEMA)

Submissão: letrasemrevistauespi@gmail.com e https://ojs.uespi.br/index.php/ler

 

A cidade é a grande reinvenção da modernidade. Faz parte de um mundo distendido que derrocou uma caminhada marcada pela visão fragmentada e por forma diferentes de convivência. Diz Lefebvre (2001, p. 7) que o fenômeno urbano transformou-se em uma “enormidade, desconcertante para a reflexão teórica, para a ação prática e mesmo para a imaginação”. Na poesia de Baudelaire, o passeador surge deleitando-se com a urbe: multidão, fachadas dos prédios, galerias, tudo sentido por meio de um estado de embriaguez ante o progresso desenfreado. Para Benjamin (2007), a obra de Baudelaire vincula-se a dois temas cruciais: a emergência do flâneur como tradutor do espírito de mobilidade que se inaugura com a modernidade, e a aproximação da atividade da flanerie com o trabalho intelectual, sendo o escritor o esgrimista que lapida a cidade na sua forma literária com avanços, recuos, desvios e também aproximações.

São diversos os tratamentos dados à cidade na literatura: a atração ou repulsa pelo urbano, o passado que dela emerge nas memórias, além da crise da cidade com as epidemias (pandemias), o crescimento da violência, dos marginalizados socialmente, a solidão, dentre outras questões tão caras ao século passado que se intensificam no século XXI. Para este volume da Letras em Revista, convidamos pesquisadores(as) para refletir sobre essa diversidade de abordagens. Para tanto, receberemos trabalhos críticos que evidenciem a cidade em romances, poemas, crônicas de viagem, autobiografias, diários de bordo e em outros formatos possíveis de serem enquadrados no plano ficcional.

SEÇÃO LIVRE: funciona em fluxo contínuo, estando aberta para submissão de trabalhos inéditos na área dos estudos literários resultantes de pesquisa científica, originais de ensaios de caráter teórico fundamentados em revisão de literatura, e resenhas de livros.

 

 

Saiba mais sobre PRORROGAÇÃO CHAMADA PARA TRABALHOS – LETRAS EM REVISTA V.12, n.02, 2021.

Edição atual

v. 11 n. 2 (2020): DOSSIÊ: IMPRENSA FEMININA E HISTÓRIA DA LITERATURA NOS SÉCULOS XIX E XX
Publicado: 2020-12-30

DOSSIÊ

RESENHA

Ver Todas as Edições

LETRAS EM REVISTA DA UESPI